Aprendendo sobre fertilidade na adolescência


O Método Billings pode ser aplicado não somente para os casais mas, para as meninas que estão no despertar de sua sexualidade.  Se todas as moças ainda muito novas soubessem como funciona o seu ciclo, muitos constrangimentos, e  gravidez indesejada seriam evitados.

“Nosso corpo é templo do Espírito Santo”, então não dá para sair por aí se oferecendo a um ou a outro como se seus valores não mais existissem…  Infelizmente há muitas famílias que não sabem falar sobre a sexualidade com seus filhos, não existe esta abertura.   Porém ainda há tempo.  Se sua filha é uma jovem entrando para a maturidade,  mesmo uma adolencente, fale para ela dos valores cristãos.

Deus a criou com seus ovários contendo cada um mais ou menos cerca de meio milhão de folículos que são esferas de células contendo todos os óvulos que serão soltos durante sua vida fértil, que maravilha!

Apenas trezentos a quinhentos deles se desenvolverão em óvulos maduros.  Outros folículos degeneram antes do desenvolvimento, muito antes da puberdade.  Cada “moça” tem seu próprio relógio biológico, localizado no cérebro, que inicia seus cilclos menstruais.  Na puberdade, geralmente entre a idade de 11 a 14 anos em moças, a glândula pituitária localizada na base do cérebro, influenciada pelo relógio, manda sinais aos ovários para começarem a produção do hormônio estradiol, em quantidade suficiente para causar engrandecimento dos seios, maturação dos órgãos sexuais e mudanças emocionais.  Ocorrem mudanças também no útero, o que torna possível a menstruação.

Tudo isso, nossas “mocinhas” precisam saber e, sabendo precisam se precaver, pois nesse tempo os hormônios estão preparando o sistema reprodutor, para ser fertilizado mais tarde.

No princípio haverá presença de muco pegajoso ou flocoso vindo da vagina, se o muco for tipo fértil, numa relação sexual poderá ocorrer uma gravidez indesejada, e aqui está a causa de tantos desajustes familiares.

Sexo seguro é sexo dentro do casamento.  Muitas pessoas, sobretudo jovens e adolescentes sofrem e consequentemente  seus filhos, por falta de uma educação sexual.  Esta educação precisa e deve começar em casa.  Os pais tem um grande papel nessa formação.  Nadando contra a correnteza deste mundo onde tudo é muito fácil, é preciso que cada cristão, mostre com a vida, que é diferente, e que educar um filho (a) na fé, na integridade não é caretiçe, é pelo contrário, um ato de louvor a Deus.

Não tenha vergonha de instruir seu filho, ou sua filha, mostrando os desafios, mas também, os frutos de uma família casta e santa que já está surgindo.  Se você não falar, eles buscarão informações distorcidas na mundo onde tudo é muito comum.

“Nós, porém não somos deste mundo, somos cidadãos do Céu”.

Com carinho e orações.

Maria Rosângela – Missionária da Canção Nova

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s