Arquivo de etiquetas: Encontro

Trato íntimo com Deus

20140423-093036.jpg

Toda a forma de oração é um encontro do homem com Deus e, quanto mais profunda for a oração, mais íntimo será esse encontro, “comunhão verdadeira com o Pai e com o Seu Filho Jesus Cristo” (I Jo 1, 3).<!

Santa Tereza de Jesus também nos ensina a respeito da oração:

“Outra coisa não é, a meu parecer, oração mental, senão tratar de amizade, estando muitas vezes tratando a sós com quem sabemos que nos ama”

A oração não é uma meditação isolada em que a criatura se encontra só com os seus pensamentos, mas uma comunhão; a alma orante, na sua solidão, tem uma companhia: Deus, e enquanto trata com Ele na intimidade, pensa, ora, acredita e ama.

Com tantos barulhos externos, é necessário tomar uma decisão: a quem diga que, quanto mais se reza mas se tem vontade de rezar, quanto menos se reza, menos se tem vontade de rezar: então é necessário fazer uma escolha.

Faça uma consideração inicial, piedosa, como de maneira que o espírito se recolha e a vontade se sinta movida ao amor. E assim situada no centro da oração, a alma dialoga com Deus e promete maior generosidade, pede perdão, por não tê-lo reconhecido como único Senhor.

Com essas sinceras palavras, faça diante de Deus os seus propósitos práticos, sua avaliação para um novo que se inicia a partir de hoje na sua vida espiritual. Por fim, peça ajuda para os cumprir com verdadeira fidelidade.

Nosso modelo a seguir: Jesus Cristo, que em todas as decisões, orava sem cessar, buscando ocasiões para entrar em profunda intimidade com o Pai.

Não existe outro caminho da oração cristã senão Cristo. Seja a nossa oração comunitária ou pessoal, vocal ou interior. Ela só tem acesso ao Pai se “orarmos” em nome de Jesus. A santa humanidade de Jesus que é, portanto, o caminho pelo qual o Espírito Santo nos ensina a orar a Deus, nosso Pai. (CIC 2664).

Aprenda com Ele e viva esta linda experiência do encontro, a “verdadeira comunhão”.

Maria Rosangela
Canção Nova.